Metaespelho

O Metaespelho

O metaespelho é um processo para explorar um relacionamento com outra pessoa. Você pode fazer isso sem se mover, mas funciona melhor se você se mover fisicamente para um lugar diferente para cada uma das diferentes posições.

Comece escolhendo o relacionamento que deseja explorar. Pense nele primeiramente a partir de seu ponto de vista (primeira posição).

O que o torna difícil?
O que está pensando e sentindo nesse relacionamento?
Se você se sentir desafiado, de que nível neurológico esse desafio parece vir? (sobre níveis neurológicos)
É sobre seu ambiente - onde você trabalha, os amigos que você tem, suas roupas, etc?
É sobre seu comportamento - aquilo que você faz?
Você sente que suas habilidades e valores estão sendo desafiados?
Você se sente assediado no nível de identidade?
A outra pessoa está dizendo alguma coisa, mas transmitindo outra em sua linguagem corporal?

Agora deixe o seu ponto de vista e prepare-se para examinar a situação de um ponto de vista muito diferente. Imagine-a a partir do ponto de vista de outra pessoa (segunda posição).

Como a outra pessoa, como se sente?
Como você se vê no relacionamento? Como reage?
Com qual nível neurológico você se preocupa?
A outra pessoa (você) nesse relacionamento parece ser congruente?

Quando tiver explorado isso, descarte essa segunda posição e volte a si mesmo no momento presente. Dê outro passo para a terceira posição.

Considere ambos os lados do relacionamento de forma isenta.
Que tipo de relacionamento é?
O que você pensa de si mesmo (primeira posição no relacionamento)?

Uma vez que tenha obtido algumas intuições da terceira posição, volte a si mesmo no momento presente. Agora, adote mais uma posição de fora (uma quarta posição). Desse ponto de vista, pense a respeito de como sua terceira posição se relaciona com sua primeira posição.

Por exemplo, na terceira posição você estava irritado consigo mesmo?
Resignado com a situação?
Desejava que sua primeira posição se afirmasse mais?
Sentia que sua primeira posição deveria ser menos afirmativa?

Seja claro quanto a como sua terceira posição se relaciona a você na primeira posição. Uma vez que esteja claro, volte para você no aqui e agora. Agora inverta suas reações de primeira e terceira posições. Por exemplo, na primeira posição poderá se sentir sobrepujado pela outra pessoa. Na terceira posição poderá estar zangado com o "você" que está sobrepujado. Inverta a reação e adote a raiva na primeira posição. Na primeira posição, fique com raiva da outra pessoa.

Como é isso?
O que mudou?
Como esse sentimento poderia ser um resurso aqui?

Agora visite a segunda posição. De que forma o relacionamento é diferente quando o "você da primeira posição" possui esse novo recurso?

Termine a terceira posição no aqui e agora.

Fonte: http://khadaj.blogspot.com/search/label/PNL

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License